Banhado ou folheado?

É importante destacar que tanto os acessórios banhados quanto os folheados possuem padrões de qualidade semelhantes. Uma joia folheada, banhada ou semijoia é uma peça que passou por um procedimento para receber revestimento de algum metal nobre como o ouro. Vem nesse artigo comigo e saiba tudo.

Publicado em: 15/04/2024 às 09:30

O que é  melhor banhado ou folheado?

É importante destacar que tanto os acessórios banhados quanto os folheados possuem padrões de qualidade semelhantes. Uma joia folheada, banhada ou semijoia é uma peça que passou por um procedimento para receber revestimento de algum metal nobre, sendo esse processo crucial para garantir a qualidade e longevidade dos acessórios, além de acrescentar valor à peça por sua natureza refinada. A diferença está somente na quantidade de milésimos aplicada em cada peça no processo de folheação.

 

Definição das palavras: folheado, banhado e semijoia

folheado: 1.OURIVESARIA: que recebeu um banho de algum metal."brinco f. a ouro" definições de oxford languages 

banhado Que está coberto ou molhado por um líquido (ex.: rosto banhado em lágrimas). 4. Que está revestido superficialmente por um material ou substância (ex.: colar banhado a ouro).

https://dicionario.priberam.org › banhado

 

Semijoia Objeto de adorno feito de um material que depois é folheado com um metal precioso como ouro ou prata. Origem etimológica: semi- + jóia .

https://dicionario.priberam.org/semijoia



O que é considerado folheado ou banhado?

A douração, douramento, douradura ou Folheado a ouro é uma técnica de decoração de superfícies que utiliza uma camada finíssima de ouro.[1] O metal transformado em lâminas muito finas (conhecidas como folhas de ouro) é aplicado aos mais variados tipos de superfícies com adesivos. (Texto extraido: wikipedia)

Contexto histórico: 

A técnica era muito utilizada na Europa desde o século XVI, e chega a seu auge durante o período da arte Barroca, no século XVIII. Na época, o Barroco chega ao Brasil coincidindo com o desenvolvimento do Ciclo do Ouro, possibilitando que Igrejas e nobres usassem a técnica em suas construções.

No período da extração do ouro brasileiro, o mesmo era extraído e passava pelas casas de fundição, onde um quinto era retirado como imposto para a Colônia Portuguesa, e o restante permanecia com o minerador. O clero enviava o ouro restante para Portugal, e lá ele era fundido e transformado em lâminas extremamente finas. Quando retornavam ao Brasil, as lâminas eram usadas em altares, por exemplo. Na época a técnica era aplicada em madeira após um longo processo: depois de esculpir o altar, era aplicada uma camada de barro. Depois de seca, aplicava-se uma cola a base de animal, e posteriormente a lâmina de ouro. Ao secar, o aspecto do ouro era enrugado, e os artistas usavam uma pedra de ágata (que é extremamente lisa e afiada) para alisar. (Texto extraído: wikipedia)

Daí surgiu o termo folheado. Uma joia feita com um metal não nobre ( latão) e revestida, folheada, envolvida com um metal nobre: o ouro.

Com esta breve explanação sobre o tema, chegamos à conclusão que as três palavras: folheado, banhado e semijoia tem significados muito proximos. 

Então qual seria a resposta a essa nossa pergunta?

O que é melhor banhado ou folheado? 

Aqui você já deve saber onde quero chegar.

A resposta é: depende …

O que define a qualidade de um folheado, banhado, semijoia é a quantidade de milésimos aplicada sobre a joia no processo de galvanoplastia. As peças são banhadas ou folheadas a ouro são submetidas a folheação a ouro 18k onde se tornam essas maravilhosas joias de alta durabilidade.

Como saber se o folheado é de boa qualidade?

Você precisa conhecer a politica e processos de produção do seu fornecedor. Se você compra já os folheados acabados em atacado, precisa ter acesso a informação de quantos milésimos de ouro foram aplicados em cada tipo de peça.  

Se você compra bruto ( joias sem a folheação) geralmente feitas em latão e contrata o banho em uma galvanica, precisa contratar juntamente com o prestador do serviço, quantos milésimos você deseja aplicar.

Lembrando que quanto mais milésimos, mais ouro é depositado na peça e essa se torna de mais valor agregado. Isso significa que a decisão é influenciada pelo mercado em que você atua e pelo público que você atende, bem como se você pretende oferecer garantia do produto, entre vários outros fatores que podem afetar sua escolha.

Se estiver adquirindo para uso pessoal, isto é, como consumidor final no varejo, é essencial verificar a quantidade de milésimos aplicada pela sua marca e o período de garantia oferecido.

Uma semijoia folheada com um revestimento de pelo menos 5 milésimos é reconhecida como uma peça de alta qualidade. No entanto, é importante considerar outros aspectos que também influenciam a durabilidade da joia, como os cuidados dispensados durante o uso, a limpeza e a forma de armazenamento.

Quanto tempo dura um folheado?

Espera-se que uma peça folheada e semijoia tenha uma durabilidade de até dois anos antes de apresentar sinais de desgaste, como descoloração ou diminuição do brilho. Por outro lado, a duração dessa mesma semijoia banhada pode variar, influenciada por diversos fatores, incluindo a qualidade do banho, os cuidados dispensados à peça, a frequência e intensidade de uso.

 

Porque folheado a ouro fica preto?

As semijoias banhadas e folheados a ouro podem ficar pretas ou escurecerem devido ao processo de oxidação. Essa oxidação gradualmente desgasta o revestimento de ouro ao longo do tempo, especialmente quando a peça entra em contato com substâncias abrasivas como cloro e álcool. Portanto, é comum que os acessórios banhados a ouro escureçam devido a esse fenômeno. 

 

Qual ouro não escurece? 

Apenas o ouro 24K (ou ouro 1000) não oxida já que se encontra em estado bruto da natureza, logo, não possui ligas na sua composição.

 

Como cuidar do folheado?

  • Água não é amiga das joias, lembre-se disso. Seja na praia, na piscina ou em um banho rápido, é importante evitar o contato das semijoias com a umidade. A exposição à água pode causar oxidação, resultando em escurecimento e perda de brilho nos acessórios.
  • Evite aplicar perfume diretamente sobre as peças. É recomendável que os acessórios sejam os últimos itens adicionados ao seu visual, após a pele estar completamente seca.  E os primeiros a serem retirados quando chegar em casa, nada de tomar banho com o folheado.

  • Produtos químicos presentes em perfumes e cremes podem reagir com as semijoias, causando desgaste. 

  • Evite usar semijoias durante atividades físicas, como na academia. O suor também pode ser prejudicial para as peças, contribuindo para sua oxidação. 

  • Armazene suas semijoias adequadamente. Guarde as peças em caixas fechadas para protegê-las da poeira, que pode causar desgaste. Prefira compartimentos com revestimento interno macio para evitar atritos entre as peças.

  • Limpe regularmente suas semijoias. Utilize detergente neutro e uma escova de dentes macia para a limpeza. Após a lavagem, finalize com uma flanela específica para semijoias e use um secador de cabelos para secar bem.

  • Tenha cuidado com produtos químicos. Evite o contato folheado com substâncias químicas, como os cosméticos utilizados em salões de beleza, pois podem danificar as peças. Esse cuidado vale para sabonetes e shampoos.

  • Evite o contato direto das semijoias com outros metais. Isso pode resultar em arranhões nos acessórios. Ao usar várias peças, certifique-se de evitar movimentos bruscos que possam causar danos aos folheados.



Conclusão:

Após analisarmos detalhadamente os conceitos de folheado, banhado e semijoia, bem como os fatores que influenciam sua qualidade e durabilidade, chegamos a uma conclusão importante: não há uma resposta única para a questão "O que é melhor, banhado ou folheado?". Essa escolha depende de uma série de fatores, incluindo a quantidade de milésimos de ouro aplicada durante o processo de galvanoplastia, a política e os processos de produção do fornecedor, o uso e os cuidados dispensados à peça, entre outros.

Para garantir a qualidade e durabilidade de uma semijoia, é essencial conhecer bem os materiais e processos envolvidos em sua fabricação, além de adotar práticas adequadas de cuidado e manutenção. Evitar o contato com água, produtos químicos e substâncias abrasivas, armazenar corretamente as peças e realizar limpezas regulares são medidas que contribuem significativamente para preservar a beleza e o brilho dos acessórios ao longo do tempo.

Portanto, ao decidir entre semijoias banhadas ou folheadas, é importante considerar não apenas a aparência e o preço, mas também a qualidade e a durabilidade do produto, bem como os cuidados necessários para mantê-lo em bom estado. Com atenção aos detalhes e práticas adequadas de cuidado, é possível desfrutar por mais tempo das suas semijoias favoritas, mantendo-as sempre elegantes e radiantes.

Recomendo esse artigo.

Conheça a Fama Folheados.


Fabricantes de semijoias: como encontrar fornecedor confiável para o seu negócio

Já pensou em abrir seu próprio negócio, mas tá sofrendo para achar fabricantes de semijoias confiáveis?

Semijoia: como diferenciar o verdadeiro do falso

Já parou para pensar o quanto é complicado separar o joio do trigo quando o assunto é semijoia?

Alergia a níquel: dicas para prevenir e aliviar sintomas

Alergia a níquel: conheça os sinais, sintomas e tratamentos disponíveis, incluindo a opção de semijoias antialérgicas para evitar reações indesejadas.

Cuidados com a semijoia

Cuidado com folheados: confira essas dicas para fazer suas peças durarem muito mais.